domingo, 25 de dezembro de 2011

É CHEGADO O MOMENTO DE DA UM BASTA


Acredito ter chegado o momento da população brasileira da início a um processo de manifestações em apoio a faxina ética na administração pública e não só apoiar a presidente neste processo, mas passar a exigir que os cargos de confiança, seja de confiança do executivo, para tal foi eleito, e não loteados pelos partidos políticos, onde já chegamos ao extremo do partido x afirmar que o ministro y, mesmo sendo seu partido, mas que lá estava por ser da COTA da presidente, não por indicação partidária.
Ora, quem se elegeu para se responsabilizar pela administração e gerenciamento do País foi a presidente. Os deputados e senadores ao que se saiba se candidataram para legislar e fiscalizar o executivo. Logo aprovar e ou rejeitar matérias do executivo é uma das suas funções. A partir do momento que, por interesses fisiológicos, se vendem ao executivo em troca de cargos públicos, perdem a credibilidade e a moral de exercerem com eficiência o mandato para os quais foram eleitos.
O executivo deve ficar livre para escolher aqueles que irão assessorá-los e o legislativo desta forma ficará atento as suas ações e o judiciário de julgá-los à luz da constituição. Este deveria ser o roteiro a ser seguido.
Portanto está na hora da população ordeiramente retornar as ruas para que se dê um basta nesta corrupção que nos envergonha. Está na hora de expurgar todos os corruptos que movidos pela ambição de dinheiro agem de forma a prejudicar o erário público.
Vivemos em um País, que possui leis para punir, que tem um sistema judiciário que mesmo com suas deficiências ainda funciona. Temos uma polícia federal competente, preparada e atuante. Uma mídia, onde parte dela ainda tem no sistema investigativo como forma de fazer jornalismo, portanto, atenta às coisas erradas. Desta forma, não se admite tanta corrupção no Brasil e que prevaleça a impunidade.
Está na hora de todos irem para as ruas, para as portas dos parlamentos e do judiciário, exigir cadeia para este bando de ladrões de colarinho branco.
Está na hora da população mostrar a estes corruptos que eles não são mais espertos do que ninguém. Que eles não passam de ladrões e que muitas vezes criam dificuldades para obterem facilidades.<
Está na hora de nas ruas a população exporem estes homens que agem movidos pela ambição do dinheiro, estes requintados chantagistas, ao ridículo.
Está na hora de se dá um basta nesta situação, onde os nossos “homens públicos” se acham no direito de extorquir sem que haja punidade. De acharem que a comissão por uma obra pública é um direito; que o desvio do dinheiro público para suas contas bancárias seria mais uma forma de apropriar-se do que não lhe pertence.
E o pior, ainda tacha de idiotas aqueles que procuram agir honestamente sem o uso do tráfico de influência ou de tirarem proveitos, pela função que assumem.
Acredito estarmos no momento ideal de começarmos não só denunciar, mas exigir punição exemplar para aqueles agentes públicos e políticos que se valem da função por indicação ou para tal foi eleito ao extrair vantagens para si, familiares e amigos e "laranjas".
Basta dessas “ortoridades” viverem desfilando em carros com placas trocadas ou frias. Chega de esposas, amantes parentes e aderentes viverem viajando para cima e para baixo com as passagens custeadas com o nosso dinheiro. Já estamos cansados de assistir e ouvir denúncias de uso de cartão de crédito debitável na conta do Estado.Este mesmo Estado que nunca tem recursos para os serviços basicos para população. Eles gastam, esnobam e nos obrigam a pagar. Logo eles que tem um rendimento bem acima de qualquer cidadão mediano brasileiro.
Precisamos sair deste estado de letargia em que nos encontramos e deixar de considerar natural o superfaturamento de obras, a ausência de licitação para contratar empresas amigas, o atraso de obras para justificar o aumento dos seus custos.
Está na hora de todos sairmos às ruas e acabar com a lógica do corrupto, que é: “Se não aproveito, outro aparece e vai ganhar em meu lugar”. O corrupto e o corruptor são farinha do mesmo saco, ambos não têm escrúpulos.
A coisa chegou a tal ponto, que hoje não mais temem serem apanhados em flagrante. Já não se envergonham das suas ações que passam a servir de exemplos e modelos para os seus familiares. É o exemplo daqueles que se deram bem. Não se envergonham nem sequer de se olharem no espelho. Só o povo nas ruas, unidos, poderá amedrontá-los e fazer com que medidas sérias saneadoras sejam tomadas.
Sabemos que ainda temos os nossos Robin Hoods da moralidade, tais como a Corregedora do CNJ, que corajosamente colocou a mão no vespeiro da Justiça; alguns políticos que ainda zelam pelo nome e pela ética, como o senador Pedro Simon; a maioria dos servidores públicos de carreira, que mesmo ganhando salários de miséria, ainda sentem orgulhos dos serviços que prestam. Mas como diz o ditado “uma andorinha só não faz verão”. O povo tem que se unir a estes heróis e lado a lado não só apoia-los, mas se darem as mãos e unidos iniciarem uma campanha de moralização dos três poderes, e lutar para que possamos ver todos os corruptos e corruptores na cadeia, que é lugar onde eles deveriam estar.
Portanto, lembre-se, 2012 novamente teremos eleições, assista ao filme que passa por sua cabeça, daqueles que sem querer, nunca deixa de citar as quantias recebidas ou pagas, e que deixa claro nas suas entrelinhas que se utilizou da corrupção para obter alguma vantagem. Lembre-se daquele que tem como lema: “quem não chora, não mama”; "é dando que se recebe” ou "rouba mas faz".
Rebobine a sua fita e veja como em pouco tempo ele enriqueceu, construindo mansões, cheio de fazendas. Compare o antes e o depois. Observe se por acaso ele(a) não apareceu em alguma cena embolsando propina escusa ou se não foi acusado de envolvimento em algum ato desabonador.
Portanto, antes de ir às urnas assista a este filme para que amanhã não vir também a ser acusado de ter absolvido este tipo de bandido, que finge ser (h)onesto e julga-se ou se faz parecer o mais íntegro dos seres humanos. Não espere pela justiça, faça você memsmo o julgamento e o puna.
Assim, enquanto o judiciário não cumprir o seu papel e colocar os corruptos brasileiros na cadeia, que ao menos nós, eleitores, os impeçamos de continuarem agindo, não os elegendo ou reelegendo e que de alto e bom som digamos a eles que não o queremos vê-los exercendo nenhum tipo de função pública, pois são elementos de alta periculosidade.

10 comentários:

celso aguiar disse...

Acho de vital importância, alertar a população quanto a Segurança do Voto. Caldo de Galinha e Precaução não fazem mal a ninguém. Visitem a página do VOTO SEGURO na Internet, e aproveitem, assinando o Manifesto dis Professores.
ASOV-Aposentado Solte o Verbo!

Anônimo disse...

Caro Xará,
Temos também semelhança na linha que imprimimos aos nossos veículos na internet. Sugiro que acesse a minha web TV Pra que política?

Artur Larangeira Filho disse...

A coisa pública no Brasil está tão desmoralizada que agora duvido até da maioria dos funcionários públicos, concursados ou não, pois eles foram postos no Estado para fazer andar o país e não andar de ré como é hoje em dia. Falam grosso que são concursados, e daí? E o trabalho? Numa escara de 0 a 10 o serviço público brasileiro não passa de uma nota 3. Isso também justifica seremos a 6ª economia mundial – fato que depende da força de trabalho do povo – e estarmos na 84ª posição de IDH – fato que depende basicamente do Estado. Para mim, temos que trocar tudo, começando pelos políticos que não deveriam ter direito a 3ª eleição, deveriam deixar o osso para outros, quem sabe assim a gente faria uma limpeza geral? A Dilma não fez e não quer fazer limpeza alguma, ela foi o braço direito do Lula a maior parte do tempo, portanto ela é cúmplice das bandalheiras que estão ocorrendo aqui. O Brasil neste momento deveria estar acabando de arrumar a casa – se Lula tivesse feito as reformas que deveriam ter sido feitas – para o país poder alçar voos mais altos. Crescer 3,5% é para país já pronto, o Brasil precisa refazer tudo, da educação à infraestrutura, ele deveria estar crescendo conforme a China, e mais: O LULA CRESCEU 32% E O MUNDO QUASE 80%” , andamos ou não de ré? E continuamos no mesmo ritmo.
Artur L Filho

Anônimo disse...

Acorda Brasil, acorda brasileiros, esta na hora de levantar.

Mauricio Guimaraes 64 anos.

Antônio Carlos Vieira disse...

Feliz 2012 para você, seus familiares e seus leitores.

Palavradesa disse...

Gostei de seu e-mail e adicionei seu contato .
Seus informes são subsídios para comentár alguma consideração sobre tema de aposentados.

Obrigado por tudo.
Jose Reis Martins - BH/MG.

Anônimo disse...

Porque os aposentados neste nosso pais, são tratados dessa forma vergonhosa? Piores do que os párias da sociedade...Será que o que roubam deles, é para aumentar mais ainda as fortunas dos que estão no poder? Nunca dantes nesse país, se viu tanta rapinagem, tanta canalhice como agora, nem no nefasto des-governo do FHC e seus cúmplices demoe e tucanos...

VALTER RICARDO disse...

PRECISAMOS NA VERDADE DE UM GRANDE LÍDER!

Quanto à opinião do Francklin Sá que tem como título: “É CHEGADO O MOMENTO DE DA UM BASTA.”, eu tenho uma visão pessoal.
Sou totalmente favorável a este tipo de estratégia. Pois vejamos os últimos acontecimentos em vários países, cujos regimes são fechados, ditatoriais; o povo numa união determinada, objetiva, vem alcançando resultados importantíssimos para resgatar seus direitos, dignidade e auto estima através de um governo transparente, substituindo aqueles antigos saqueadores e detentores do poder, como se aquela nação fosse propriedade pessoal deles e o povo seus escravos. Mas precisamos entender que a cultura destes indivíduos que constituem estes povos, além de antiguíssimas carrega em seus genes a revolução para dissolver qualquer impasse ou situação mais abrangentes, o que não se configura na formação sociológica do nosso povo. Somos pacíficos, chegando, a maioria das vezes, ao comodismo.
Portanto, na minha ótica, por sermos um povo que não reúne estas características revolucionárias, nós precisaríamos de lideranças ou de um líder revestido de uma força e notoriedade pública que pudesse orientar e direcionar a população no sentido de conscientizá-la da necessidade de uma atitude de mudanças políticas e sociais bastante ostensivas, ao ponto de reverter um quadro, extremamente nocivo, já há muito tempo instalado em nossa sociedade.
Acredito que somente desta forma poderemos alcançar nossos objetivos, até porque seria um prato cheio para imprensa que ganharia ibope e público e nós aproveitaríamos desta situação. A opinião pública, provavelmente, estaria favorecendo esta imprescindível luta dos brasileiros para afastar definitivamente uma ideologia torta que impera em nossa política, afastando definitivamente decisões incabíveis para uma gestão saudável. Poderia aí dar-se um novo início de como se fazer política descente. E assim afastando uma multidão de homens públicos, corruptos e corruptores. Homens de ética podre. Difícil é encontrar este líder num país desarranjado moralmente. Não vislumbro outro caminho.

Valter Ricardo – RG-RS

Anônimo disse...

O Brasil é o país dos corruptos, na minha cidade o Prefeito foi cassado, idem o vice-prefeito, desviaram mais R$ 650 milhões dos cofres públicos. Pasmem! a ex-primeira dama era a chefe da quadrilha, tudo comprovado pelo Ministério Público, no entanto, o casal passiava tranquilamente num Shopping da cidade. Conclusão além de não serem punidos com cadeia e todo o dinheiro devolvido aos cofres públicos, ainda, tem o respeito da população.

Anônimo disse...

Socorro! A Dona Dilma que odeia os aposentados do INSS, ex-trabalhadores que trabalharam com carteira assinada. Ela e o Mantega fizeram caridade de reajustar as aposentadorias acima de um sm. em 6%, bem abaixo da inflação. Caso de polícia, onde se esconde a OAB e o Judiciário que poderiam defender estes pobres velhos que ajudaram a construir o Brasil.
Fomos enganados pelos governantes, pagamos, mas não levamos. Os aposentados estão na miséria.Há 14 anos esta classe está sendo roubada nos seus vencimentos. Os aposentados estão exigindo os seus direitos, não estão pedindo esmola. Que vergonha!